Velha pista brasileira

ciclismo002-1334258885
Eu nem sei bem o que falar sobre o Campeonato Brasileiro de Pista, de verdade.

Você olha para a lista de campeões e estão lá as mesmas caras de sempre.

Claro, estão lá por méritos, mas cadê um trabalho visando o futuro? Lembro de que em 2007 fiz uma matéria para o Prólogo falando que o Brasil estava fora dos Jogos Olímpicos de 2008 na pista, pois não somou pontos suficientes para obter uma vaga.

Ouvi especialistas, técnicos, atletas e ex-atletas para entender isso. Para obter a vaga, o Brasil precisaria somar pontos através das disputas das Copas do Mundo ao redor do planeta e do Campeonato Mundial. Só que a Confederação Brasileira de Ciclismo não mandou sua delegação em nenhuma competição fora do continente, pois não havia verba.

As vozes diretivas da CBC diziam que para 2012 tudo seria melhor, pois haveria mais grana. Sabe o que aconteceu? A mesma coisa! Idêntica! Só uma coisa mudou, o final do discurso. Pois não seria mais 2012, mas 2016 o ano citado.

Estamos no primeiro ano do ciclo olímpico e sabe o que temos de novidade? Que o Rafael Andriato aproveitou que estava disputando a Volta da Venezuela e deu um pulo no Brasil para competir o Brasileiro e venceu a prova de Scratch.

Lá fora, nada do Brasil na pista. Nada que podemos falar que este ciclo olímpico vai ser diferente dos outros.

Ah, vai ser sim. Uma vaga o Brasil tem por ser sede dos Jogos. Mas cadê a CBC para enviar alguns ciclistas para chegarem junto dos caras lá de fora? Será um vareio pra cima da gente…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s