Bom para ambas as partes

Maluco, maluco, maluco! Acho que a Omega Pharma-QuickStep se deu muito bem ao assinar com o Rigoberto Urán para a próxima temporada. O colombiano é muito bom, mas ainda não é “o cara”, só que nunca decepcionou quando teve liberdade para correr. Pode vir a ser um “dos caras” de 2014. Por exemplo, entraria no Giro, uma Grande Volta mais voltada para suas características – … Continuar lendo Bom para ambas as partes

Avalie isto:

Milhões cazaques agitam o mercado

Nem tudo é bike nessa vida, infelizmente. Muitas vezes temos de trabalhar duro. Por isso, minha ausência nos últimos dois dias. Me desculpem… mas não tinha tempo de me achegar ao computador e escrever neste espaço. Só que vamos lá! Uma coisa que eu gosto é esta época de especulação de transferência de ciclistas. Deve ser reflexo de minha paixão por jogos ao estilo “manager” … Continuar lendo Milhões cazaques agitam o mercado

Avalie isto:

O campeonato mais triste da história

Até o próximo dia 3 de agosto a cidade de Maringá recebe o Campeonato Brasileiro de Pista. Acho que será o campeonato mais triste da história do país. Por dois motivos: – Até o ano passado, a equipe LiveWright levava muitos garotos promissores para a competições. Nos dava a esperança que, dali, poderia sair um grande ciclista para o próximo ano. Mas o projeto acabou … Continuar lendo O campeonato mais triste da história

Avalie isto:

A batata assou para Erik Zabel, aquele que foi um dos maiores sprinters de todos os tempos, que ganhou a camisa verde do Tour de France entre 1996 e 2001 – um recorde que permanece até os dias de hoje. Ele foi um dos ciclistas que utilizou EPO no Tour de 1998, mas que somente foi revelado na última semana pelo senado francês, que fez … Continuar lendo

Avalie isto:

O fim da Euskaltel?

Fiquei chateado ao ler no Cyclingnews que os ciclistas da Euskaltel-Euskadi estão liberados para procurar outras equipes, pois o time não deve continuar na próxima temporada por falta de patrocinadores. Bons ciclistas como Samuel Sanchez, Mikel Nieve e Igor Antón pintam no mercado, então. Uma pena, um time tão tradicional, deixar o certame. Um pouquinho de cada coisa acabou com o projeto de ciclismo basco. … Continuar lendo O fim da Euskaltel?

Avalie isto: