O campeonato mais triste da história

Até o próximo dia 3 de agosto a cidade de Maringá recebe o Campeonato Brasileiro de Pista. Acho que será o campeonato mais triste da história do país. Por dois motivos: – Até o ano passado, a equipe LiveWright levava muitos garotos promissores para a competições. Nos dava a esperança que, dali, poderia sair um grande ciclista para o próximo ano. Mas o projeto acabou … Continuar lendo O campeonato mais triste da história

Avalie isto:

A batata assou para Erik Zabel, aquele que foi um dos maiores sprinters de todos os tempos, que ganhou a camisa verde do Tour de France entre 1996 e 2001 – um recorde que permanece até os dias de hoje. Ele foi um dos ciclistas que utilizou EPO no Tour de 1998, mas que somente foi revelado na última semana pelo senado francês, que fez … Continuar lendo

Avalie isto:

O fim da Euskaltel?

Fiquei chateado ao ler no Cyclingnews que os ciclistas da Euskaltel-Euskadi estão liberados para procurar outras equipes, pois o time não deve continuar na próxima temporada por falta de patrocinadores. Bons ciclistas como Samuel Sanchez, Mikel Nieve e Igor Antón pintam no mercado, então. Uma pena, um time tão tradicional, deixar o certame. Um pouquinho de cada coisa acabou com o projeto de ciclismo basco. … Continuar lendo O fim da Euskaltel?

Avalie isto:

A hora de Porte?

Chris Froome esperou sua vez na Sky até ser líder e ter uma equipe ao seu dispor. Ralou muito para Bradley Wiggins e cumpriu seu papel fielmente, mesmo quando apresentou melhores condições – vide a Vuelta 2011, quando o próprio Wiggo liberou ele do serviço, e Tour 2012. Quando teve a oportunidade de ser líder, destruiu. Venceu tudo o que poderia, inclusive o Tour de … Continuar lendo A hora de Porte?

Avalie isto:

Dinheiro russo

“Não sei se vou ou se fico; Não sei se fico ou se vou. Se vou não sei se eu fico, Se fico não sei se eu vou!” Essa música, costumeiramente tocada nos programas do Silvio Santos, cabe muito bem para Oleg Tinkov, empresário dono do Tinkoff Bank, co-patrocinador do time Saxo-Tinkoff. Agora, quase ex. O empresário anunciou no seu Twitter que a empresa vai … Continuar lendo Dinheiro russo

Avalie isto:

Pilulas do dia seguinte

A divulgação de resultados de exames antidoping do Tour de France de 1998 feita pelo senado francês respingou em toda a comunidade ciclística em poucas horas. Caiu como uma bomba para uns e como uma pluma para outros, o que, ao meu ver, mostra que alguns ciclistas estavam antenados com a investigação, como foi o caso de Stuart O’Grady. O australiano anunciou o final da … Continuar lendo Pilulas do dia seguinte

Avalie isto: